Secretaria:
(11) 5073-8883
Diretoria:
(11) 5073-6622
Metodologia - Escola Fazendo Arte

Metodologia

Brincar de descobrir relações. Relações que estruturam um modo de pensar e agir: pela linguagem e pela lógica. Mas também, no tempo e no espaço, descobrindo as possibilidades de seu corpo. Tais relações supõem um campo social e cultural: é com o outro, adultos e crianças, que o conhecimento se constrói.

Através de uma rotina de atividades e projetos significativos para as crianças de cada faixa etária, sempre permeada pelo brincar e pela arte, as crianças participam ativamente das atividades, ou seja, pensam e agem sobre os objetos e situações propostas. A criança é um ser no mundo, e este é composto de inúmeros elementos. Por quer? Por que? Por que? Em seu processo de crescimento se mostram curiosas e intrigadas. Conhecer, aprofundar e ampliar os horizontes do seu universo são tarefas da escola a partir das questões que elas próprias vão se colocando. As educadoras fazem a mediação desse processo de descobertas através das rodas de conversas, com discussões, pesquisas, vivências e experiências com as crianças de seu grupo.

A relação da criança com as diferentes propostas varia de acordo com seu interesse e equilíbrio sócio-afetivo que interferem diretamente no seu poder de atenção e concentração. Por outro lado, observamos que esta aumenta quando a escolha da atividade é uma decisão compartilhada com o grupo, o que torna esses momentos de aprendizagem ainda mais significativos e prazerosos para todos.

O comportamento infantil e o desenvolvimento socioafetivo também é outro foco de nosso trabalho. O processo de socialização, do conhecimento e elaboração de regras é longo e envolve complexo de fatores cognitivos e afetivos, sendo necessário levar em conta as necessidades das crianças, ou seja, aquilo que as faz agir em cada momento.

A construção das regras se dá, também por meio de jogos infantis, especialmente nas brincadeiras de faz de conta. Ao brincar, as crianças buscam reproduzir padrões e comportamentos que prevalecem em seu grupo social. Toda situação de faz de conta contém normas sociais implícitas que levam a criança a assumir papéis sociais,ou seja, a imitar alguém numa determinada situação.

Nos jogos, na maioria das vezes, a criança subordina-se a certas regras, renunciando às ações impulsivas e contrariando a forma como agiria espontaneamente. Brincando a criança experimenta novos papéis, julga se esses são ou não adequados, imagina consequências por agir de um ou outro modo. Com isso, acaba por internalizar regras de conduta e também alguns valores que orientam seu comportamento.

É sempre importante estabelecer limites e regras de comportamento com as crianças, aceitando sugestões e argumentando com seriedade sobre as consequências de suas atitudes, bem como definindo sanções caso elas não sejam seguidas. Nesse caso, o educador deve ser firme, honesto e imparcial, pois as crianças o respeitarão por levar em conta as regras estabelecidas e ter seriedade para levá-las e cumpri-las. Não podemos esquecer que somos modelos de atitudes.

A criança é nossa prioridade, e nosso olhar e atenção se voltam plenamente às suas necessidades de cuidados, afetividade, segurança, brincadeiras e aprendizagens. Cuidar educando implica num investimento sistemático de ações que contemplam a saúde, a alimentação, o descanso e, sentindo-se cuidada, a criança aprende a cuidar de si, a cuidar dos outros e a confiar nas pessoas. Este sentimento propicia seu bem estar físico e emocional num ambiente coletivo que representa o início de sua inserção social.

 


Rua Francisco Dias, 314
Jardim da Saúde - São Paulo
  (11) 5073-8883
(11) 5073-6622
Clique aqui e
Fale conosco
Escola Fazendo Arte
Escola Fazendo Arte. ® Todos os direitos reservados Desenvolvimento de Sites